Bienal Internacional Mulheres d’Artes está de volta

30 Abril, 2015

Apesar do tempo não estar nada convidativo, a verdade é que foram muitas as pessoas que marcaram presença na inauguração da terceira Bienal Mulheres d’Artes, evento promovido pela Câmara Municipal desde 2011 e que reúne obras de artistas – apenas femininas – de todo o mundo. As pinturas e alguns trabalhos de escultura e intervenção artística puderam ser contemplados pelos espetadores, enquanto decorria a sessão oficial de abertura e na qual marcou presença o presidente da autarquia, Pinto Moreira. O chefe do executivo deu as boas-vindas a todo e fez vários agradecimentos, incluindo à empresa Tapeçarias Ferreira de Sá, mecenas da bienal.

Já Leonor Fonseca, vereadora da Cultura e presidente do júri que avaliou as obras a concurso nesta bienal, referiu – respondendo a Pinto Moreira – que a inauguração ter calhado no dia 25 de Abril não foi “um acaso” e falou sobre a iniciativa “única na Península Ibérica” e que é já identitária das Galerias Amadeu de Souza-Cardoso do Museu Municipal. “Viva a cultura, vivam as mulheres, viva a liberdade”, disse a responsável.

Leonor Fonseca explicou, depois, que inicialmente o anúncio dos vencedores da bienal estava marcado para o encerramento a 29 de agosto. No entanto, devido à grande afluência, foi decidido anunciar os vencedores. Os jurados atribuíram, assim, quatro menções honrosas a Cristina Troufa, Ana Pais Oliveira, Mercês Ribas e Inês Abrantes, sendo a grande vencedora Susana Chasses.

A bienal vai já na sua terceira edição e mantém objetivo de dar destaque à produção artística protagonizada por mulheres evidenciando o seu olhar sobre a realidade, numa clara demonstração de pujança da arte e da criatividade no feminino. A exposição estará patente até ao próximo dia 29 de agosto.




O seu endereço de email não será publicado.

*

Não são permitidas tags HTML.