O Fado acontece!

16 Outubro, 2014

Ricardo Ribeiro é considerado um dos fadistas de maior talento e genialidade do panorama atual do Fado. A apresentação do seu novo disco, Largo da Memória, tem sido acolhida por salas esgotadas. No sábado, dia 18 de outubro, Ricardo Ribeiro vai estar no Auditório de Música de Espinho. O Maré Viva teve a oportunidade de falar um pouco com o fadista.

 Como nasceu esta paixão pelo Fado?

Desde criança que ouvia a minha mãe cantar fado em casa. Essa voz prendia-me e acho que a paixão nasceu assim. O amor pelo fado começou quando cantei pela primeira vez.

 Onde vai buscar a inspiração para cantar?

A inspiração vem de muitos lugares, de muitas conversas… A inspiração está em qualquer parte, basta estar atento. O Fado acontece!

 O primeiro disco “Ricardo Ribeiro” foi lançado há 10 anos. O que mudou até agora?

O Homem mudou, por sua vez o Fado do homem também mudou. Hoje canto o que não cantava há 10 anos. São naturalmente outras vivências.

 ”Largo da Memória” significa que não há nada mais novo para apresentar?

É precisamente o contrário. E posso dar um exemplo. Há ideias que aconteceram há 40 anos atrás e que por impossibilidade das épocas não puderam  ser postas em prática. A memória pode não ter a ver com passado, pode ser memória de futuro. E como disse Teixeira de Pascoaes: “Tenho tanta saudade do futuro“…

 Que projetos tem para o futuro?

Aqueles que o futuro me trouxer. Eu deixo que a vida me viva a mim e não ao contrário. Tenho muitos sonhos, espero poder realizar alguns.

 Já atuou em Espinho? O que podem esperar os espinhenses do concerto?

Sim,  já atuei no Casino de Espinho. E tal como nesse concerto, os Espinhenses podem esperar de mim a minha verdade e emoção no concerto de sábado à noite.

 




O seu endereço de email não será publicado.

*

Não são permitidas tags HTML.